A história trata-se de uma “reimaginação” do romance homônimo escrito por Joan Lindsay, que já originou